São Lourenço Atual - Notícias de São Lourenço e Região - MG

Terça-feira, 18 de Junho de 2024
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Geral

COLECIONADORES DE "BULAS"

Cada louco com suas manias...

José Luiz Ayres
Por José Luiz Ayres
COLECIONADORES DE
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Colecionadores de “Bulas”

            Este episódio que procuro contar, de fato realmente aconteceu, quando desfrutávamos de um passadio num dos hotéis à cidade de Serra Negra, SP, cujo contexto sem dúvida nos causou certa perplexidade, e porque não, credibilidade se não tivéssemos presenciado e ser em pleno século XXI, em se tratando de duas pessoas que nos pareciam dotadas de certa inteligência e ter a normalidade explicitada nas suas conversar comuns do dia a dia junto os demais hóspedes, inclusive tivemos este dito privilégio algumas vezes.

            Diariamente aqueles dois cidadãos, já de meia idade, eram vistos conversado e vira e mexe um deles, o gorducho careca, sempre de posse de um álbum preto folheando sistematicamente à presença do companheiro  magro e barbudo como estivesse vendo fotos ou algo parecido, tal a eficácia da observação a cada virada de página. Aquela atitude dada à frequência que permaneciam juntos tornava-se um tanto esquisita e até um tanto complicada tratando-se de dois homens. Não que houvesse dúvida quanto à masculinidade deles, mas sim pela forma de agirem o que tudo levava a crer tratar-se de relacionamento com trabalho ou coisa que o valha.

Publicidade

Leia Também:

            Em uma oportunidade, os dois entraram no bar do hotel sentando-se a  mesa próxima a minha, que ali permanecia a curtir o jornal local. Curioso fiquei, já que aquele “álbum” passou a ser utilizado e como tal era o  momento em conhecer o “ “mistério” que os envolvia, mesmo dando uma de bisbilhoteiro.

            Nestas circunstâncias, me pus atento ao que diziam, tendo o jornal como meu protetor. Entretanto, devido ao natural burburinho ambiental, tornou-se quase inaudível o “papo esperado”. Todavia, algumas palavras como; Onadina, Transpomim, Papaverina de fabricação de 1948, ( segundo revelou muito valiosa), enfim outros nomes confusos que não deram para gravar. Sem entender absolutamente nada do que se tratava desistir deixando o local.

            Numa tarde lá estavam os dois mais uma vez, animadamente em conversa como uma senhorinha idosa, onde o bendito álbum era folheado. Finalmente a conversa se estendia a três pessoas. Para meu desagravo, só eu não tomava conhecimento do tal mistério, o que de certa forma me agoniava. Mas a noite após deixar o refeitório pelo jantar, a senhorinha depara-se na sala de estar com um daqueles cidadãos, o tal magro barbudo, e dirigindo-se a ele o entrega um pequeno envelope a dizer para entrega-lo ao seu amigo gorducho. De regresso mais tarde, a senhorinha ao cruzar na sala de TV com o cidadão gorducho que ali se encontrava, indaga se havia gostado do presente. Um tanto interrogativo, mostrando-se assustado a responde que não sabia de presente algum. A velhota então, sem maldade,  sugeriu que falasse com seu amigo barbudo, pois o havia entregue o envelope.

            Logo depois, o barbudo aparece após executar sua higiene bucal, e seu amigo gorducho com ares de irritado, erguendo-se da poltrona, vai a sua direção, desferindo um soco a deixa-lo desnorteado a se segurar na porta colocando a mão sobre o rosto e dizer por que fez isso? Debaixo de insultos proferidos de ambas a partes chegam às vias de fato, sendo contidos pela “turma do deixa disso”

            De olho arroxeado e supercílio sangrando,   foi a procura da farmácia no intuito de providenciar um curativo. Só que nos causou espanto o seu ar de felicidade ao invés de mostrar-se chateado ou mesmo aborrecido, e como um masoquista fosse depois de agredido. Pois pasmem, aqueles cidadãos nada mais eram que colecionadores de BULAS de medicamentos antigos... e que certamente sua ida a farmácia teria a possibilidade de conseguir novas bulas e aumentar sua coleção e ser mais valioso que um simples curativo...

            Ah... Esses turistas excêntricos e suas manias hipocondríacas de posologias pitorescas sempre nos presentearam com fatos deste tipo de coisa...

            Soubemos do mistério, baseado no gerente do hotel, que conhecia os hábitos destes excêntricos indivíduos e suas coleções... Cada doido com sua mania, durma-se com um barulho deste... Em pleno século XXI.

Comentários:
José Luiz Ayres

Publicado por:

José Luiz Ayres

Saiba Mais
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!