SÃO LOURENÇO ATUAL

MENU
Logo
Sábado, 04 de julho de 2020
Publicidade
Publicidade

Cidade

Academias voltam a pedir reabertura dos estabelecimentos com segurança

Essa foi a segunda reunião em que pediram a intervenção da Câmara junto ao executivo

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Representantes de academias e escolas de dança de São Lourenço reuniram-se com vereadores na manhã desta segunda-feira, 15, para pedir a reabertura dos estabelecimentos que ainda permanecem fechados devido a pandemia. O encontro foi realizado no plenário do legislativo.

O pedido surge a partir do momento que uma parte significativa do comércio da cidade já foi reaberto com regras e restrições e as academias, mesmo sendo consideradas atividades essenciais para prevenção e promoção da saúde, não foram liberadas para funcionamento nem mesmo com protocolos de segurança.

Os representantes da academia solicitaram a intermediação da Câmara Municipal para uma reunião com a prefeita Célia Cavalcanti, onde possam entender o não funcionamento das academias. O pedido entrará na pauta da reunião da tarde desta segunda-feira, 15.
Durante a reunião, os profissionais destacaram a importância da atividade física como forma de promover a saúde e evitar comorbidades que são fatores de risco para o novo coronavírus.

“Temos dados científicos que apontam que 70% da população brasileira apresenta sobrepeso. Diversas são as patologias associadas ao sedentarismo, daí a importância da prática exercício promovedor da qualidade de vida, fazendo com que adaptações fisiológicas aconteçam no organismo, reduzindo as comorbidades e a sobrecarregando o sistema de saúde. 80% da população infectada pelo Covid-19 já apresentava comorbidades, deixando as pessoas mais suscetíveis porque são indivíduos que apresentam um sistema imunológico reduzido”, explicou Hugo Politano, que é dono de academia e doutorando em Educação Física.

Fechadas desde março deste ano como forma de evitar a disseminação do novo coronavírus, essa é a segunda vez que representantes de academias vão até a Câmara Municipal pedir a intervenção dos vereadores. As academias ainda não foram ouvidas pelo poder executivo sobre as questões técnicas para reabertura com segurança.

Segundo dados do Boletim Epidemiológico da prefeitura, atualmente, em São Lourenço, foram confirmados 50 casos de Covid-19, sendo que entre os 12 leitos de terapia intensiva (UTI) destinados a complicações causadas pelo vírus, um está ocupado e mais três pacientes com confirmação da doença estão internados em ala. Um óbito foi registrado desde março e não há outro em investigação.

São Lourenço aderiu ao programa Minas Consciente que prevê uma orientação para a abertura gradual da economia. O programa é uma sugestão de como proceder na retomada da economia, mas a decisão é dos prefeitos de acordo com a realidade de cada município.

 

Créditos (Imagem de capa): Os profissionais de Educação Física se reuniram nesta segunda-feira pelo direito de trabalhar e promover a saúde/Foto: Redes Sociais

Comentários:

Deixe sua mensagem para a redação ;)