SÃO LOURENÇO ATUAL

Carnaval de São Lourenço conta com atrações para todas as idades durante 5 dias

O carnaval da cidade contou com atrações de qualidade e baixo custo para os cofres públicos

Foto: Ascom/PMSL

O Carnaval de São Lourenço marcou história na cidade em termos de economia e qualidade de investimento. A atual administração comprovou que é possível fazer mais com menos através de parcerias com a iniciativa privada, que colaborou para que o resultado fosse uma grande festa.

De acordo com a Secretaria de Turismo, esta é a principal data na qual a cidade recebe um grande número de turistas que investem seu dinheiro por quase uma semana seguida. Dessa forma, através da geração de empregos diretos e indiretos (bares, restaurantes, hotéis, ambulantes, etc) e com a consequente arrecadação de impostos, pode-se afirmar que quem ganha é a população, já que quanto maior a arrecadação, maiores são os repasses para saúde e educação.

Em 2016, na gestão anterior, o carnaval teve um custo de aproximadamente R$900 mil, em 2017 e 2018 foram gastos cerca de R$400 mil, e agora, o gasto total ficou em aproximadamente R$230 mil.

De acordo com a Secretária de Turismo, Joana Coelho, o esforço foi grande para oferecer um carnaval de qualidade com custo reduzido, mas o resultado foi gratificante em todos os sentidos. “Nem mesmo a chuva atrapalhou a festa dos foliões”, completou.

Bloco do Pijama

A abertura dos festejos foi com o tradicional Bloco do Pijama, na sexta-feira, 1º, que arrastou uma multidão pelas ruas da cidade com dois trios elétricos. O Bloco do Pijama completou 34 anos e atraiu pessoas de toda a região.

O Bloco do Pijama ainda garantiu a diversão das crianças com o Pijaminha. Apesar de adiado do domingo de carnaval para a terça-feira devido a chuva, a programação contou o show da The Voice são lourenciana, Cacau Ribeiro, na concentração e na dispersão. O desfile, puxado por um carro de som, percorreu a Avenida Dom Pedro II desde o teleférico até o calçadão.

Atrações

A folia também foi de inclusão com os Apaexonados. A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) desfilou, no sábado, 2, com os assistidos, familiares, profissionais e população no centro da cidade. Sete hotéis da cidade botaram seus blocos na rua e garantiram diversão para os hóspedes. Além dos blocos dos hotéis, outros compuseram a programação, a exemplo do Bloco do Luizinho, da Tchuca, Os Enganadores, no Rabo da Jandira, entre outros.

Na Rua Wenceslau Brás, apresentações de grupos musicais animaram o público, a exemplo da tradicional bateria da Fava. No calçadão e no estacionamento do parque a programação foi variada com som mecânico, bandas e DJ.

Carnaval Privado

Quem preferiu ficar mais reservado neste carnaval, contou com o Bloco dos Bebs. Uma estrutura montada no Parque Ilha Antônio Dutra recebeu foliões nos ambientes disponíveis na festa para curtir as atrações.

 

Fonte

*Com informações e fotos da Ascom/PMSL e APAE
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Carnaval de São Lourenço conta com atrações para todas as idades durante 5 dias

*Com informações e fotos da Ascom/PMSL e APAE

O Carnaval de São Lourenço marcou história na cidade em termos de economia e qualidade de investimento. A atual administração comprovou que é possível fazer mais com menos através de parcerias com a iniciativa privada, que colaborou para que o resultado fosse uma grande festa.

De acordo com a Secretaria de Turismo, esta é a principal data na qual a cidade recebe um grande número de turistas que investem seu dinheiro por quase uma semana seguida. Dessa forma, através da geração de empregos diretos e indiretos (bares, restaurantes, hotéis, ambulantes, etc) e com a consequente arrecadação de impostos, pode-se afirmar que quem ganha é a população, já que quanto maior a arrecadação, maiores são os repasses para saúde e educação.

Em 2016, na gestão anterior, o carnaval teve um custo de aproximadamente R$900 mil, em 2017 e 2018 foram gastos cerca de R$400 mil, e agora, o gasto total ficou em aproximadamente R$230 mil.

De acordo com a Secretária de Turismo, Joana Coelho, o esforço foi grande para oferecer um carnaval de qualidade com custo reduzido, mas o resultado foi gratificante em todos os sentidos. “Nem mesmo a chuva atrapalhou a festa dos foliões”, completou.

Bloco do Pijama

A abertura dos festejos foi com o tradicional Bloco do Pijama, na sexta-feira, 1º, que arrastou uma multidão pelas ruas da cidade com dois trios elétricos. O Bloco do Pijama completou 34 anos e atraiu pessoas de toda a região.

O Bloco do Pijama ainda garantiu a diversão das crianças com o Pijaminha. Apesar de adiado do domingo de carnaval para a terça-feira devido a chuva, a programação contou o show da The Voice são lourenciana, Cacau Ribeiro, na concentração e na dispersão. O desfile, puxado por um carro de som, percorreu a Avenida Dom Pedro II desde o teleférico até o calçadão.

Atrações

A folia também foi de inclusão com os Apaexonados. A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) desfilou, no sábado, 2, com os assistidos, familiares, profissionais e população no centro da cidade. Sete hotéis da cidade botaram seus blocos na rua e garantiram diversão para os hóspedes. Além dos blocos dos hotéis, outros compuseram a programação, a exemplo do Bloco do Luizinho, da Tchuca, Os Enganadores, no Rabo da Jandira, entre outros.

Na Rua Wenceslau Brás, apresentações de grupos musicais animaram o público, a exemplo da tradicional bateria da Fava. No calçadão e no estacionamento do parque a programação foi variada com som mecânico, bandas e DJ.

Carnaval Privado

Quem preferiu ficar mais reservado neste carnaval, contou com o Bloco dos Bebs. Uma estrutura montada no Parque Ilha Antônio Dutra recebeu foliões nos ambientes disponíveis na festa para curtir as atrações.

 

Publicidade

Fale com a redação!

Deixe sua mensagem para a redação ;)