SÃO LOURENÇO ATUAL

MENU
Logo
Segunda, 17 de maio de 2021
Publicidade
Publicidade

Cidade

Centro de Apoio às Pessoas com Síndrome Gripais já ultrapassou 500 atendimentos

Em 8 dias de funcionamento a estrutura realizou mais de 400 testes

Imagem de capa

Imagens

A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Desde a sexta-feira (23/04) o Centro de Apoio às Pessoas com Síndromes Gripais, instalado no Estacionamento do Parque das Águas, já realizou o atendimento de 555 pessoas até a sexta-feira (30/04). O objetivo do centro, que é uma iniciativa do Governo Municipal com o apoio da Câmara Municipal, é ampliar a testagem da população para a Covid-19.

Nesse período, já foram realizados um total 425 testes e cerca de 33% deram positivo. O PCR Antígeno foi o mais indicado pelos médicos. Com eles foram testadas 234 pessoas. O Teste Rápido foi indicado 65 vezes. Já o RT PCR foi realizado em 126 pacientes.

No centro são disponibilizados três tipos de testes que são indicados pelo médico plantonista após consulta. Os exames são o PCR Antígeno, RT PCR e o Teste Rápido. O PCR antígeno apresenta o resultado em até 20 minutos e é utilizado para pessoas entre os terceiros e sétimos dias de sintoma. O RT PCR também indicado para pessoas entre os terceiros e sétimos dias de sintomas, mas não tem o resultado imediato. Por último, o Teste Rápido IgM/IgG que é utilizado após 14º dia de sintoma e tem o resultado em 15 minutos. 

De acordo com a diretora de Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e coordenadora do Centro, Gislene Nogueira, a realização de exames que identificam a Covid-19 em poucos minutos permite uma ação mais imediata para conter a disseminação do vírus. “Quando é identificado o paciente com a Covid-19, logo são propostas ações como o isolamento da pessoa e é realizada uma busca ativa dos contatos”, explicou Gislene

O Centro de Apoio às Pessoas com Síndromes Gripais ainda é um suporte ao atendimento das Síndromes Gripais na Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 horas). “Com o atendimento às pessoas menos graves, a UPA fica focada em atender somente os casos mais graves. Os pacientes já com dificuldade de respirar, por exemplo, devem procurar diretamente a UPA, pois a unidade hospitalar possui mais recursos para atender essa gravidade de caso. O Centro tem estrutura para atender somente pacientes de baixa complexidade”, explicou a coordenadora. 

Estrutura

A estrutura financiada com recursos próprios da Prefeitura de São Lourenço e da Câmara Municipal conta com equipes de enfermeiros, técnicos de enfermagem, médicos e profissionais que atuam na área administrativa. A estrutura tem recepção, consultórios médicos, salas de triagem, testes, de espera, suporte de vida, copa e depósito de material de limpeza. No local ainda há uma ambulância estacionada em caso de necessidade de transferência de pacientes para a UPA.

Fonte/Créditos: Ascom/PMSL

Créditos (Imagem de capa): O centro conta com uma estrutura para ampliar a testagem da Covid-19

Comentários:

Deixe sua mensagem para a redação ;)