SÃO LOURENÇO ATUAL

MENU
Logo
Sábado, 04 de julho de 2020
Publicidade
Publicidade

Entrevista

Entrevista: André Spina

Presidente do São Lourenço Country Clube

Imagem de capa

Imagens

A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O São Lourenço Country Clube (SLCC), atualmente, é o único clube social da cidade e no período da pandemia não tem sido diferente de qualquer outra empresa de médio e pequeno porte da cidade que ainda estão fechadas por força de decreto.

Mesmo com as dificuldades financeiras e o adiamento de importantes ações que foram planejadas para esse primeiro semestre, a exemplo da construção da rampa de acessibilidade da piscina, o clube vem se mantendo e conseguindo superar as dificuldades. Ainda com a redução do quadro de funcionários trabalhando, o clube está mais limpo e arrumado como se não estivesse com as portas fechadas para seus sócios. 

O presidente da diretoria executiva, André Spina, recebeu o São Lourenço Atual e explicou como uma gestão eficiente e focada está mantendo o clube e como vai contribuir para que os sócios que estão em dificuldade financeira consigam pagar suas mensalidades e não desistirem do clube.

São Lourenço Atual: Como o SLCC vem lidando as ausências dos sócios nesses dois meses em que o clube não pode abrir as portas para eles? Como tem sido a percepção dos sócios?

André Spina: O clube fechado é muito triste, pois nós que assumimos uma gestão de forma voluntária, queremos que as coisas deem certo e tentamos o tempo todo gerar resultados positivos. Estávamos com projetos de obras em andamento e o clube sem funcionamento ficou inviável seguir com os mesmos. Os sócios sentem a falta do clube e isso tem gerado um vazio no dia a dia do associado do São Lourenço Country e da diretoria.

SL Atual: Entre estas obras que seriam realizadas estava a rampa de acessibilidade da piscina, tornando o SLCC um dos primeiros clubes com acessibilidade da região.

AS: As obras desta rampa teriam início agora em julho e seriam concluídas no final do mês de agosto. Não seria somente as obras da rampa, mas a ampliação da área da piscina infantil com um playground aquático e dois banheiros novos para atender exclusivamente as crianças. Tivemos que adiar esses dois projetos.

SL Atual: Quais eventos o clube deixou e deixará de realizar este ano por causa da pandemia?

AS: Deixamos de fazer todos os eventos que estavam programados no calendário anual. Entre esses eventos estão o segundo Open de Futevolei, que foi um sucesso no ano passado com a presença do Thiago Camilo (Piloto da Stock Car) e o baile do sábado de aleluia. O cancelamento é em função do fechamento do clube. Não podemos assumir nenhum compromisso esse ano com eventos, pois não sabemos como o clube ficará financeiramente no futuro. A inadimplência aumentou e, consequentemente, nossa arrecadação diminuiu, apesar de estarmos tendo custos menores. O pagamento de alguns impostos foram postergados. Assim que tudo voltar ao normal, quando país e o mundo voltarem ao normal, é claro que retomaremos com todos os eventos.

SL Atual: O clube trocou os filtros das piscinas e reformou o telhado do salão. Por que esses investimentos foram realizados nesse momento? Eles já estavam planejados?

AS: A troca do filtro já estava programada. Foi feita uma instalação de uma bateria com dois filtros. Nós fechamos o clube no dia 18 de março, antes do decreto municipal e esse filtro já estava a caminho para ser instalado. O telhado nos pegou de surpresa este ano, mas antes da pandemia sabíamos que teríamos que arrumá-lo. A manutenção estava programada para maio com previsão de finalização até o final de julho. Nesse período, o aluguel do salão seria suspenso. A avaria do telhado não pode deixar de ser consertada porque o clube tem compromissos com pessoas que alugaram e já pagaram pelo contrato de locação do salão. Por isso, o salão tem que estar apto para realizar esses eventos para que o clube honre com seus compromissos.

SL Atual: Mesmo fechado para os sócios e com redução do quadro de funcionários, é possível observar a manutenção em dia.

AS: O clube está pronto para receber seus associados assim que a prefeitura de São Lourenço resolver flexibilizar sua reabertura. Com o fechamento, aproveitamos para ar um “up” na estética do clube. Os sócios vão encontrar um clube limpo e melhor cuidado.

SL Atual:  O senhor avalia que algumas áreas do clube já poderiam ter retomado o funcionamento com segurança?

AS: Nós poderíamos abrir as quadras de tênis, as de areia e a natação pelo amplo espaço que oferecemos e a falta de contato físico entre os praticantes. Muitas pessoas vêm durante o dia nadar e ficam praticamente sozinhas na piscina. Nós temos uma quantidade de banheiros suficientes para dividir o número de pessoas entre eles e, se necessário, até mesmo suspender o banho aqui no clube. Poderia sim flexibilizar com certos cuidados. Fizemos uma reunião com a prefeita, quando protocolamos um requerimento e não fomos respondidos. Fizemos, também, uma reunião com secretário de Saúde. Infelizmente não fomos atendidos. Vale ressaltar que os associados não procuram o clube somente para lazer, mas também por causa da saúde através das atividades físicas.

SL Atual:  Como ficou a situação financeira do SLCC nesse período de pandemia?

AS: Esse ano batemos o recorde de recebimento de cota única. O quantitativo de cota única somado aos pagamentos em dia tem permitido ao clube passar por esse momento crítico. Nós tivemos que tomar algumas decisões como fazer uso dos planos do governo para suspender, reduzir e demitir funcionários. Isso se fez necessário pelo período. Quando a pandemia passar, teremos uma dívida por aquilo que não estamos conseguindo pagar, a exemplo dos impostos e financiamento da folha. Essas decisões foram tomadas com embasamento técnico e aprovada pelo Conselho Deliberativo.

SL Atual:  Qual é a expectativa para o funcionamento do clube no pós pandemia?

AS: A diretoria estará mais empenhada em oferecer para o sócio aquilo que de melhor conseguirmos. Acreditamos que quando voltarmos, o clube será um fator a contribuir para que as pessoas esqueçam esse sofrimento da pandemia. O clube terá que entrar em um momento de proporcionar o bem estar ao associado. Chega de pandemia.

SL Atual:  Considerações finais

AS: Gostaria de agradecer aqueles que estão acreditando no nosso trabalho e honrando os compromissos com o clube em dia. Estão nos permitindo passar por essa fase difícil. Estamos melhorando o clube a cada dia e temos os projetos de fazer melhorias, principalmente, para atender as crianças. Até o final do mandato de 2021, a rampa de acessibilidade e a ampliação da área da piscina infantil são compromissos desta gestão.   

Créditos (Imagem de capa): O presidente do SLCC, André Spina/Foto: SL Atual

Comentários:

Inscreva-se

As principais notícias do Brasil e do mundo em seu e-mail!

[CARREGANDO...]

Deixe sua mensagem para a redação ;)