SÃO LOURENÇO ATUAL

Estudantes do município fazem releitura de artistas em mostra de artes visuais

A mostra está aberta a população na sede da secretaria de educação

Os trabalhos desenvolvidos pelos alunos estão expostos na sede da Secretaria de Educação/Foto: SL Atual

Teve início na manhã desta segunda-feira, 3, a I Mostra de Artes Visuais dos alunos do ensino fundamental da rede municipal. A exposição acontece na sede da Secretaria Municipal de Educação.

Aberta à toda população, a exposição vai até o próximo dia 11. Os estudantes, incluindo as crianças dos Centros Municipais de Educação Infantil (CEMEI), retrataram diversos artistas pertencentes a diversos movimentos artísticos contemplados na literatura escolar. Entre eles estão Pablo Picasso, com trabalhos de pintura e colagem, Rivane Neuenschwander, artista contemporânea de Belo Horizonte, Leonardo da Vinci, Leda Catunda, entre outros.

As crianças do segundo ano da Escola Municipal Frei Osmar Dirks representaram o quadro Um dia como outro qualquer, da artista Rivane Neuenschwander. “As crianças não conheciam estes artistas e a gente pode explorar um pouquinho de cada um. A arte para eles é a vivência de mundo e a escola deve proporcionar esse acesso”, disse a professora Helena Cristina.

O autor infantil, Roger Vieira Fechas, destacou que a mostra é uma forma de estimular a criatividade das crianças. “Essa mostra de hoje é algo fantástico porque possibilita a criação coletiva com os colegas, traz a perspectiva que nós somos criadores e não só consumidores de produtos tecnológicos. Vemos também que a educação é levada a sério em São Lourenço", destacou.

Segundo a diretora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, Daniela Bacha, um dos objetivos da mostra foi protagonizar as artes nas escolas. “A arte é uma ferramenta de comunicação muito poderosa, pois chega no coração das crianças em todos os sentidos. Abre a possibilidade de elas conseguirem interagir com as diversas formas de linguagem. Essa necessidade surgiu também para protagonizar a disciplina de arte que fica um pouco de lado da proposta de trabalho das escolas”, afirmou a diretora.

 

 

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Estudantes do município fazem releitura de artistas em mostra de artes visuais

Teve início na manhã desta segunda-feira, 3, a I Mostra de Artes Visuais dos alunos do ensino fundamental da rede municipal. A exposição acontece na sede da Secretaria Municipal de Educação.

Aberta à toda população, a exposição vai até o próximo dia 11. Os estudantes, incluindo as crianças dos Centros Municipais de Educação Infantil (CEMEI), retrataram diversos artistas pertencentes a diversos movimentos artísticos contemplados na literatura escolar. Entre eles estão Pablo Picasso, com trabalhos de pintura e colagem, Rivane Neuenschwander, artista contemporânea de Belo Horizonte, Leonardo da Vinci, Leda Catunda, entre outros.

As crianças do segundo ano da Escola Municipal Frei Osmar Dirks representaram o quadro Um dia como outro qualquer, da artista Rivane Neuenschwander. “As crianças não conheciam estes artistas e a gente pode explorar um pouquinho de cada um. A arte para eles é a vivência de mundo e a escola deve proporcionar esse acesso”, disse a professora Helena Cristina.

O autor infantil, Roger Vieira Fechas, destacou que a mostra é uma forma de estimular a criatividade das crianças. “Essa mostra de hoje é algo fantástico porque possibilita a criação coletiva com os colegas, traz a perspectiva que nós somos criadores e não só consumidores de produtos tecnológicos. Vemos também que a educação é levada a sério em São Lourenço", destacou.

Segundo a diretora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, Daniela Bacha, um dos objetivos da mostra foi protagonizar as artes nas escolas. “A arte é uma ferramenta de comunicação muito poderosa, pois chega no coração das crianças em todos os sentidos. Abre a possibilidade de elas conseguirem interagir com as diversas formas de linguagem. Essa necessidade surgiu também para protagonizar a disciplina de arte que fica um pouco de lado da proposta de trabalho das escolas”, afirmou a diretora.

 

 

Publicidade

Fale com a redação!

Deixe sua mensagem para a redação ;)