SÃO LOURENÇO ATUAL

Hemominas promove campanha Força Tarefa Grupo O

Objetivo é reforçar estoques do sangue tipo O que está com o estoque em baixa
Hemominas promove campanha Força Tarefa Grupo O
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Hemominas promove campanha Força Tarefa Grupo O

*Com informações do Hemominas

Com o objetivo de reforçar o estoque de sangue tio O, negativo e positivo, A Fundação Hemominas iniciou nesta segunda-feira, 9, uma campanha intitulada de Força Tarefa Grupo O que segue até sábado 14.

A iniciativa de concentrar a doação desse grupo sanguíneo no período proposto deve-se ao fato de que os estoques do sangue tipo O negativo da rede Hemominas registram nesta sexta-feira, 6, mais de 50% de queda. Assim, é fundamental que os doadores desse grupo compareçam às unidades em todas as regiões do estado, uma vez que as bolsas de sangue tipo O são as mais utilizadas nas urgências e emergências hospitalares. A normalização dos estoques é condição essencial para que a Hemominas possa manter o número estratégico de bolsas de sangue necessário ao atendimento da demanda de pacientes.

Em São Lourenço, apesar de não possuir um hemocentro ou um local adequado de doação, as pessoas também doar. Para isso, basta procurar o setor do serviço do Hospital São Lourenço para agendar a viagem gratuita até Pouso Alegre.

“Todas as semanas temos que repor o estoque do hemocentro com 30 doadores. Todas as quartas e sextas-feiras sai uma van de São Lourenço para Pouso Alegre. Cada van tem capacidade para 15 pessoas e as pessoas podem se cadastrar para doar sangue, desde que se enquadrem nas condições e estejam fora das restrições de doação”, explicou Fabiany Pereira de Mattos, assistente social do Hospital São Lourenço.

O agendamento pode ser feito por meio do Whatsapp (35) 98862-2068, de segunda a sexta-feita, entre 8h e 14h. “Geralmente, a família do paciente que recebe o sangue fica responsável pela mobilização de doadores quando não temos voluntários. Se houver voluntários, não pedimos a família para fazer a mobilização”, completou a assistente social.

Durante a campanha, o atendimento preferencial será direcionado aos doadores tipo O negativo e positivo, devido à urgência do quadro. A Fundação solicita a compreensão dos demais doadores (tipos A (+/-), B (+/-) e AB (+/-), igualmente importantes, quanto a qualquer transtorno no atendimento que possa advir dessa iniciativa.

Vejas as condições e restrições para doar sangue 

OUVIR NOTÍCIA

Com o objetivo de reforçar o estoque de sangue tio O, negativo e positivo, A Fundação Hemominas iniciou nesta segunda-feira, 9, uma campanha intitulada de Força Tarefa Grupo O que segue até sábado 14.

A iniciativa de concentrar a doação desse grupo sanguíneo no período proposto deve-se ao fato de que os estoques do sangue tipo O negativo da rede Hemominas registram nesta sexta-feira, 6, mais de 50% de queda. Assim, é fundamental que os doadores desse grupo compareçam às unidades em todas as regiões do estado, uma vez que as bolsas de sangue tipo O são as mais utilizadas nas urgências e emergências hospitalares. A normalização dos estoques é condição essencial para que a Hemominas possa manter o número estratégico de bolsas de sangue necessário ao atendimento da demanda de pacientes.

Em São Lourenço, apesar de não possuir um hemocentro ou um local adequado de doação, as pessoas também doar. Para isso, basta procurar o setor do serviço do Hospital São Lourenço para agendar a viagem gratuita até Pouso Alegre.

“Todas as semanas temos que repor o estoque do hemocentro com 30 doadores. Todas as quartas e sextas-feiras sai uma van de São Lourenço para Pouso Alegre. Cada van tem capacidade para 15 pessoas e as pessoas podem se cadastrar para doar sangue, desde que se enquadrem nas condições e estejam fora das restrições de doação”, explicou Fabiany Pereira de Mattos, assistente social do Hospital São Lourenço.

O agendamento pode ser feito por meio do Whatsapp (35) 98862-2068, de segunda a sexta-feita, entre 8h e 14h. “Geralmente, a família do paciente que recebe o sangue fica responsável pela mobilização de doadores quando não temos voluntários. Se houver voluntários, não pedimos a família para fazer a mobilização”, completou a assistente social.

Durante a campanha, o atendimento preferencial será direcionado aos doadores tipo O negativo e positivo, devido à urgência do quadro. A Fundação solicita a compreensão dos demais doadores (tipos A (+/-), B (+/-) e AB (+/-), igualmente importantes, quanto a qualquer transtorno no atendimento que possa advir dessa iniciativa.

Vejas as condições e restrições para doar sangue 

Fonte

*Com informações do Hemominas

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Política
Rachadinha: Juiz nega revogação da prisão e pede transferência de Chopinho
Rachadinha: Juiz nega revogação da prisão e pede transferência de Chopinho
VISUALIZAR
Cidade
Prefeitura, Sebrae e Junta Comercial inauguram Sala Mineira do Empreendedor
Prefeitura, Sebrae e Junta Comercial inauguram Sala Mineira do Empreendedor
VISUALIZAR
Cidade
Agência da Receita Estadual em São Lourenço poderá fechar para economizar com aluguel
Agência da Receita Estadual em São Lourenço poderá fechar para economizar com aluguel
VISUALIZAR
Política
Comissão de Ética do legislativo municipal se reúne após prisão do Chopinho
Comissão de Ética do legislativo municipal se reúne após prisão do Chopinho
VISUALIZAR
Política
Rachadinha: Chopinho permanece preso com negativa de Habeas Corpus
Rachadinha: Chopinho permanece preso com negativa de Habeas Corpus
VISUALIZAR
Política
Vereador Chopinho está preso na cidade de Oliveira
Vereador Chopinho está preso na cidade de Oliveira
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Deixe sua mensagem para a redação ;)