SÃO LOURENÇO ATUAL

Pacientes do SUS poderão ter coleta de sangue gratuita em casa

O projeto de lei vai beneficiar pessoas com dificuldade de locomoção
Pacientes do SUS poderão ter coleta de sangue gratuita em casa
Ascom/CMSL

Pacientes do SUS poderão ter coleta de sangue gratuita em casa

Ascom/CMSL

Após um mês e meio em recesso parlamentar, a Câmara de São Lourenço retorna às atividades legislativas com a realização da primeira sessão ordinária do ano. Na reunião semanal da segunda-feira, 4, entrou em tramitação o projeto de lei 2918/2019, que propõe a obrigatoriedade dos laboratórios contratados pelo município realizarem a coleta de materiais para exames de saúde em domicílio, no caso de pessoas com dificuldade de locomoção, como idosos, ou deficiência física.

O texto é de autoria do vereador Ricardo Luiz Nogueira (MDB). Ele explica que os pacientes deverão ter atestado médico que comprove a limitação para que os laboratórios conveniados com o SUS realizem a coleta. “Há inúmeras pessoas que não têm condições de ter um transporte particular para fazer os exames. Já não bastam as dificuldades físicas e de idade, elas têm que passar por esses procedimentos bem no início da manhã. Cabe ao município facilitar cada vez mais a vida de seus habitantes”, declarou.

O projeto ainda determina o cancelamento de contrato com o poder público caso a rede privada não cumpra com o estabelecido. O documento deve ser votado dentro dos próximos 45 dias em sessão ordinária. Caso seja aprovada, a medida começa a valer no dia 01º de julho de 2019.

Eleição

Durante a sessão também foram eleitos os membros de três Comissões da Casa. Agilsander Rodrigues da Silva continuará como presidente da pasta de Legislação, Justiça e Redação Final, a qual é responsável pela emissão de pareceres relativos a todos os projetos que tramitam na Câmara. Ele coordenará ao lado de Natanael Paulino de Oliveira e Renato Motta.

Já a Comissão de Finanças e Orçamento estará a cargo de Helson Salgado, que será o presidente, Ricardo de Mattos e Ricardo Luiz Nogueira. A de Assistência Social, Direitos Humanos e Saúde ficará sob a responsabilidade de Ricardo de Mattos como presidente, juntamente de Rodrigo Martins de Carvalho e Orlando da Silva Gomes.

 

OUVIR NOTÍCIA

Após um mês e meio em recesso parlamentar, a Câmara de São Lourenço retorna às atividades legislativas com a realização da primeira sessão ordinária do ano. Na reunião semanal da segunda-feira, 4, entrou em tramitação o projeto de lei 2918/2019, que propõe a obrigatoriedade dos laboratórios contratados pelo município realizarem a coleta de materiais para exames de saúde em domicílio, no caso de pessoas com dificuldade de locomoção, como idosos, ou deficiência física.

O texto é de autoria do vereador Ricardo Luiz Nogueira (MDB). Ele explica que os pacientes deverão ter atestado médico que comprove a limitação para que os laboratórios conveniados com o SUS realizem a coleta. “Há inúmeras pessoas que não têm condições de ter um transporte particular para fazer os exames. Já não bastam as dificuldades físicas e de idade, elas têm que passar por esses procedimentos bem no início da manhã. Cabe ao município facilitar cada vez mais a vida de seus habitantes”, declarou.

O projeto ainda determina o cancelamento de contrato com o poder público caso a rede privada não cumpra com o estabelecido. O documento deve ser votado dentro dos próximos 45 dias em sessão ordinária. Caso seja aprovada, a medida começa a valer no dia 01º de julho de 2019.

Eleição

Durante a sessão também foram eleitos os membros de três Comissões da Casa. Agilsander Rodrigues da Silva continuará como presidente da pasta de Legislação, Justiça e Redação Final, a qual é responsável pela emissão de pareceres relativos a todos os projetos que tramitam na Câmara. Ele coordenará ao lado de Natanael Paulino de Oliveira e Renato Motta.

Já a Comissão de Finanças e Orçamento estará a cargo de Helson Salgado, que será o presidente, Ricardo de Mattos e Ricardo Luiz Nogueira. A de Assistência Social, Direitos Humanos e Saúde ficará sob a responsabilidade de Ricardo de Mattos como presidente, juntamente de Rodrigo Martins de Carvalho e Orlando da Silva Gomes.

 

Fonte

Ascom/CMSL

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Política
Prazo para depoimento da prefeita Célia Cavalcanti na Comissão Processante expira
Prazo para depoimento da prefeita Célia Cavalcanti na Comissão Processante expira
VISUALIZAR
Geral
Vivo deverá pagar multa de R$ 10,4 milhões por desrespeito ao Sistema de Bloqueio de...
Vivo deverá pagar multa de R$ 10,4 milhões por desrespeito ao Sistema de Bloqueio de Telemarketing do MPMG
VISUALIZAR
Política
Estudantes de São Lourenço participam da Plenária Regional do Parlamento Jovem
Estudantes de São Lourenço participam da Plenária Regional do Parlamento Jovem
VISUALIZAR
Geral
Hospital São Lourenço tem novo provedor
Hospital São Lourenço tem novo provedor
VISUALIZAR
Política
O prazo para depoimento da prefeita Célia ser ouvida pela Comissão Processante inicia hoje
O prazo para depoimento da prefeita Célia ser ouvida pela Comissão Processante inicia hoje
VISUALIZAR
Cidade
Médicos do programa Revalida vão reforçar sistema de saúde em São Lourenço
Médicos do programa Revalida vão reforçar sistema de saúde em São Lourenço
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Deixe sua mensagem para a redação ;)