SÃO LOURENÇO ATUAL

Prefeitura certifica primeira empresa com o selo SIM

O selo faz exigências básicas para que os produtos de origem animais sejam seguros para consumo
Prefeitura certifica primeira empresa com o selo SIM
Foto: PMSL

Prefeitura certifica primeira empresa com o selo SIM

Ascom/PMSL

A Prefeitura de São Lourenço, através da Secretaria de Indústria, Comércio, Agricultura e Desenvolvimento Econômico (SICADE), entregou o primeiro certificado do Serviço de Inspeção Municipal (SIM). A primeira empresa a receber foi o Laticínio Abençoado, através de seus representantes legais Giovani Junqueira Silvestrini e Marcus Vinícius Viana Silvestrini.

O SIM é um serviço prestado pela Prefeitura, através da SICADE que visa promover a saúde pública, fortalecer os micros e pequenos empreendedores, produtores rurais e agroindústrias, trazendo desenvolvimento local, com geração de emprego e renda.

Na prática, o Serviço de Inspeção Municipal controla a qualidade dos produtos de origem animal, como carnes, leite, peixes, mel e ovos e seus derivados. O SIM monitora e inspeciona a sanidade do rebanho, o local e a higiene da industrialização, certificando com selo de garantia todos estes produtos. Também incentiva as pequenas empresas e empreendedores a saírem da clandestinidade, transformando-os em empresários da área urbano e rural, oferecendo aos consumidores, alimentos com qualidade e segurança garantida.

O produto certificado do SIM pode ser comercializado dentro do município e tem regras mais brandas do que os Serviços de Inspeção Estadual e Federal, o SIE e o SIM, respectivamente. “O SIM tem as regras aplicáveis a realidade dos pequenos produtores, mas sem deixar de lado as exigências sanitárias básicas. Mesmo sendo autorizados para comercialização somente dentro do município que o certificou, a vigilância sanitária já entende que pode ser comercializados em outros municípios”, explicou o secretário Marcelo Mendes.

“No SIF exige-se, por exemplo, uma lavanderia dentro do laticínio para que a roupa de produção seja lavada no local, o que não é exigido no SIM. Em ambos os certificados, são exigidos a água clorada, que faz parte das exigências sanitárias básicas”, exemplificou o secretário.

O certificado foi entregue em mãos pela Prefeita Municipal, Célia Cavalcanti e pelo Secretário da SICADE, Marcelo Mendes. Para os empresários do Laticínio, está é uma grande conquista para a empresa e principalmente, para os consumidores, que agora tem a garantia do município de poder comprar um alimento de origem séria.

 

OUVIR NOTÍCIA

A Prefeitura de São Lourenço, através da Secretaria de Indústria, Comércio, Agricultura e Desenvolvimento Econômico (SICADE), entregou o primeiro certificado do Serviço de Inspeção Municipal (SIM). A primeira empresa a receber foi o Laticínio Abençoado, através de seus representantes legais Giovani Junqueira Silvestrini e Marcus Vinícius Viana Silvestrini.

O SIM é um serviço prestado pela Prefeitura, através da SICADE que visa promover a saúde pública, fortalecer os micros e pequenos empreendedores, produtores rurais e agroindústrias, trazendo desenvolvimento local, com geração de emprego e renda.

Na prática, o Serviço de Inspeção Municipal controla a qualidade dos produtos de origem animal, como carnes, leite, peixes, mel e ovos e seus derivados. O SIM monitora e inspeciona a sanidade do rebanho, o local e a higiene da industrialização, certificando com selo de garantia todos estes produtos. Também incentiva as pequenas empresas e empreendedores a saírem da clandestinidade, transformando-os em empresários da área urbano e rural, oferecendo aos consumidores, alimentos com qualidade e segurança garantida.

O produto certificado do SIM pode ser comercializado dentro do município e tem regras mais brandas do que os Serviços de Inspeção Estadual e Federal, o SIE e o SIM, respectivamente. “O SIM tem as regras aplicáveis a realidade dos pequenos produtores, mas sem deixar de lado as exigências sanitárias básicas. Mesmo sendo autorizados para comercialização somente dentro do município que o certificou, a vigilância sanitária já entende que pode ser comercializados em outros municípios”, explicou o secretário Marcelo Mendes.

“No SIF exige-se, por exemplo, uma lavanderia dentro do laticínio para que a roupa de produção seja lavada no local, o que não é exigido no SIM. Em ambos os certificados, são exigidos a água clorada, que faz parte das exigências sanitárias básicas”, exemplificou o secretário.

O certificado foi entregue em mãos pela Prefeita Municipal, Célia Cavalcanti e pelo Secretário da SICADE, Marcelo Mendes. Para os empresários do Laticínio, está é uma grande conquista para a empresa e principalmente, para os consumidores, que agora tem a garantia do município de poder comprar um alimento de origem séria.

 

Fonte

Ascom/PMSL

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Política
Prazo para depoimento da prefeita Célia Cavalcanti na Comissão Processante expira
Prazo para depoimento da prefeita Célia Cavalcanti na Comissão Processante expira
VISUALIZAR
Geral
Vivo deverá pagar multa de R$ 10,4 milhões por desrespeito ao Sistema de Bloqueio de...
Vivo deverá pagar multa de R$ 10,4 milhões por desrespeito ao Sistema de Bloqueio de Telemarketing do MPMG
VISUALIZAR
Política
Estudantes de São Lourenço participam da Plenária Regional do Parlamento Jovem
Estudantes de São Lourenço participam da Plenária Regional do Parlamento Jovem
VISUALIZAR
Geral
Hospital São Lourenço tem novo provedor
Hospital São Lourenço tem novo provedor
VISUALIZAR
Política
O prazo para depoimento da prefeita Célia ser ouvida pela Comissão Processante inicia hoje
O prazo para depoimento da prefeita Célia ser ouvida pela Comissão Processante inicia hoje
VISUALIZAR
Cidade
Médicos do programa Revalida vão reforçar sistema de saúde em São Lourenço
Médicos do programa Revalida vão reforçar sistema de saúde em São Lourenço
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Deixe sua mensagem para a redação ;)