SÃO LOURENÇO ATUAL

São Lourenço está fora do roteiro do Festival Nacional da Canção 2019

O evento atrai músicos de todas as regiões do país e grande número de pessoas nas apresentações

As apresentações do Fenac/Foto: Divulgação/Fenac

O Festival Nacional da Canção (Fenac) deste ano não passará por São Lourenço. Iniciado no frio de julho, por vários anos a cidade das águas foi sede da abertura do evento que passa por sete municiípios mineiros. Este ano, a abertura acontecerá no dia 26 de julho, em Perdões.

Segundo a produtora do evento, Cristina Marques, não houve um acordo entre a prefeitura de São Lourenço e o Fenac para a realização das apresentações da 49ª edição. “Em cada cidade por onde passa, o evento custa mais de R$ 200 mil e este ano nós pedimos a contrapartida de R$ 70 mil e apoio logístico para as prefeituras, o que não interessou São Lourenço”, disse a produtora.

“Sentimos muito de não fazer o Fenac este ano em São Lourenço. É uma cidade que atrai turistas e teve um ano que um casal viu a etapa na cidade e o seguiu indo nas demais etapas nos outros municípios”, lamentou Cristina.

No ano passado, em São Lourenço, o evento aconteceu no estacionamento do Parque das Águas, na Praça Brasil, e recebeu músicos de quatro regiões brasileiras: Norte, Nordeste, Sul e Sudeste. Foram apresentadas 20 músicas de autorias próprias. Quatro passaram para a semi-final levando pelos menos R$ 2,5 mil em prêmios.

O evento

Com 49 anos de história, este ano, as cidades que receberão a etapa do Fenac, além de Perdões nos dias 26 e 27 de julho, são: São Tomé das Letras (2 e 3/08), Coqueiral (09 e 10/08), Três Pontas (16 e 17/8), Barroso (23 e 24/08) Nepomuceno (30 e 31/08) e Boa Esperança (05/09 e 06/09), onde também acontecerá a grande final no dia 7 de setembro.

As inscrições para 49º edição do festival podem ser realizadas pelo site www.festivalnacionaldacancao.com.br ou pelos correios. De todas as músicas que se inscreverem, apenas 120 serão selecionadas para a disputa. Pela primeira vez serão consideradas apresentações on-line. Dez por cento das vagas serão reservadas para essa modalidade. As músicas inscritas nesta categoria vão concorrer com os mesmos direitos e condições que as presenciais. Com essa novidade, músicos de todo o mundo - e que cantem em língua portuguesa - podem participar. O objetivo é fomentar a música em português produzida em todos os continentes.

Além das apresentações de músicas autorais, a programação do Fenac conta com a participação de artistas consagrados. Serão distribuídos R$ 230 mil em prêmios, além do troféu Lamartine Babo para o vencedor.

Em nota, a Secretaria de Turismo e Cultura (Sectur) informou que o impedimento para realização da etapa no Fenac na cidade está relacionada a atual situação das contas públicas em função da dívida do Governo do Estado com os municípios. “A Secretaria de Turismo informa que devido à grande dificuldade financeira que o município se encontra, por causa da dívida do Governo do Estado de Minas que já passa de R$22 milhões, a atual administração fez uma redução no orçamento disponível para todos os eventos no ano de 2019. Tal redução, infelizmente, inclui o Festival Nacional da Canção (FENAC)”.

 *Matéria atualizada às 17h 49 min para inserção da resposta da Secretaria de Turismo e Cultura

 

 

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

São Lourenço está fora do roteiro do Festival Nacional da Canção 2019

O Festival Nacional da Canção (Fenac) deste ano não passará por São Lourenço. Iniciado no frio de julho, por vários anos a cidade das águas foi sede da abertura do evento que passa por sete municiípios mineiros. Este ano, a abertura acontecerá no dia 26 de julho, em Perdões.

Segundo a produtora do evento, Cristina Marques, não houve um acordo entre a prefeitura de São Lourenço e o Fenac para a realização das apresentações da 49ª edição. “Em cada cidade por onde passa, o evento custa mais de R$ 200 mil e este ano nós pedimos a contrapartida de R$ 70 mil e apoio logístico para as prefeituras, o que não interessou São Lourenço”, disse a produtora.

“Sentimos muito de não fazer o Fenac este ano em São Lourenço. É uma cidade que atrai turistas e teve um ano que um casal viu a etapa na cidade e o seguiu indo nas demais etapas nos outros municípios”, lamentou Cristina.

No ano passado, em São Lourenço, o evento aconteceu no estacionamento do Parque das Águas, na Praça Brasil, e recebeu músicos de quatro regiões brasileiras: Norte, Nordeste, Sul e Sudeste. Foram apresentadas 20 músicas de autorias próprias. Quatro passaram para a semi-final levando pelos menos R$ 2,5 mil em prêmios.

O evento

Com 49 anos de história, este ano, as cidades que receberão a etapa do Fenac, além de Perdões nos dias 26 e 27 de julho, são: São Tomé das Letras (2 e 3/08), Coqueiral (09 e 10/08), Três Pontas (16 e 17/8), Barroso (23 e 24/08) Nepomuceno (30 e 31/08) e Boa Esperança (05/09 e 06/09), onde também acontecerá a grande final no dia 7 de setembro.

As inscrições para 49º edição do festival podem ser realizadas pelo site www.festivalnacionaldacancao.com.br ou pelos correios. De todas as músicas que se inscreverem, apenas 120 serão selecionadas para a disputa. Pela primeira vez serão consideradas apresentações on-line. Dez por cento das vagas serão reservadas para essa modalidade. As músicas inscritas nesta categoria vão concorrer com os mesmos direitos e condições que as presenciais. Com essa novidade, músicos de todo o mundo - e que cantem em língua portuguesa - podem participar. O objetivo é fomentar a música em português produzida em todos os continentes.

Além das apresentações de músicas autorais, a programação do Fenac conta com a participação de artistas consagrados. Serão distribuídos R$ 230 mil em prêmios, além do troféu Lamartine Babo para o vencedor.

Em nota, a Secretaria de Turismo e Cultura (Sectur) informou que o impedimento para realização da etapa no Fenac na cidade está relacionada a atual situação das contas públicas em função da dívida do Governo do Estado com os municípios. “A Secretaria de Turismo informa que devido à grande dificuldade financeira que o município se encontra, por causa da dívida do Governo do Estado de Minas que já passa de R$22 milhões, a atual administração fez uma redução no orçamento disponível para todos os eventos no ano de 2019. Tal redução, infelizmente, inclui o Festival Nacional da Canção (FENAC)”.

 *Matéria atualizada às 17h 49 min para inserção da resposta da Secretaria de Turismo e Cultura

 

 

Publicidade

Fale com a redação!

Deixe sua mensagem para a redação ;)