SÃO LOURENÇO ATUAL

São Lourenço poderá ser descredenciado do consórcio de saúde por dívida de R$ 400 mil

A dívida causa dificuldades na oferta de exames e consultas especializadas pelo SUS
São Lourenço poderá ser descredenciado do consórcio de saúde por dívida de R$ 400 mil
O CEAC será uma das unidades que passará por adequação administrativa caso haja descredenciamento de São lourenço do CIS Circuito das Águas/Foto: SL Atual

São Lourenço poderá ser descredenciado do consórcio de saúde por dívida de R$ 400 mil

É através do Consórcio Intermunicipal de Saúde (CIS) Circuito das Águas que os exames e consultas especializadas de 16 municípios, incluindo São Lourenço, são viabilizados para a população com a oferta de cerca de 200 prestadores (serviços e profissionais) credenciados. Com a dívida de R$ 407.837,04 e os 100 dias de atraso, a população são-lourenciana está com dificuldades de ser assistida nas consultas e exames especializados de média complexidade.

A dívida é referente ao débito de três meses de exames e consultas autorizados pelo município, além da taxa rateio. O rateio é um valor fixo mensal de R$ 12.632,00 para custeio das despesas administrativas do consórcio. O restante é referente a autorização de consultas e exames especializados de média complexidade, que o município paga somente o que utilizar dentro de um valor máximo de R$ 185.695,00 por mês.

De acordo com o secretário de Saúde de Carmo de Minas, Everton de Souza Andrade, que é diretor geral da instituição, o Conselho de Prefeitos vai realizar uma assembleiaentre os chefes do executivo dos demais municípios para discutir o descredenciamento de São Lourenço do CIS Circuito das Águas.

“Quando o município fica inadimplente há mais de 30 dias, suspende-se a liberação de exames e consultas. São Lourenço já completou três faturas em atraso e o Consórcio tem que utilizar dinheiro dos outros municípios para pagar as despesas, o que causa desequilíbrio no caixa, uma vez que a instituição não tem reservas financeiras. Os prefeitos do conselho vão marcar uma assembleia para deliberar sobre o descredenciamento do município, pois nenhum dos outros 15 municípios possui mais de 30 dias de atraso no pagamento de suas faturas”, explicou o secretário.

“Mesmo com o atraso nos pagamentos ainda estamos liberando exames de urgência e de pacientes internados. Procuramos, ao máximo, ser parceiros dos municípios, pois sabemos a importância do Consórcio para a assistência da população”, complementou.

O secretário da vizinha Carmo de Minas ainda destacou que, em caso de descredenciamento, os serviços de Assistência Farmacêutica, IST/AIDS, Centro Estadual de Atendimento Especializado (Centro Viva a Vida) e Centro de Atenção Psicossocial (Caps) serão entregues novamente a gestão da Secretaria de Saúde de São Lourenço.

“Na quinta-feira da semana passada já protocolamos um ofício na Secretaria de Saúde de São Lourenço para que a Secretaria de Saúde se posicione a respeito dessas unidades que possuem contrato com o consórcio”, informou Everton de Souza Andrade.

Para o presidente do CIS Circuito das Águas, Fernando José Pinto, secretário de Saúde de Pouso Alto, o consórcio é uma ferramenta de gestão utilizadas pelos municípios para viabilizar os procedimentos de forma mais eficiente e com menor custo.

“Ao invés do município contratar um neurologista, por exemplo, o mesmo atende todos os consorciados gerando redução de custo, reduzindo a demanda e facilitando a gestão das secretarias municipais”, disse o gestor municipal de Saúde.

Além de São Lourenço, fazem parte do CIS Circuito das Águas: Alagoa, Carmo de Minas, Cristina, Dom Viçoso, Itamonte, Itanhandu, Jesuânia, Lambari, Olímpio Noronha, Passa Quatro, Pouso Alto, São Sebastião do Rio Verde, São Vicente de Minas, Soledade de Minas, Virgínia

Questionada pelo São Lourenço Atual sobre o valor do débito, possibilidade e previsão de pagamento e interesse do município em permanecer no CIS Circuito das Águas, até o fechamento desta matéria a Prefeitura de São Lourenço não respondeu a reportagem.

O São Lourenço Atual continua à disposição da Prefeitura de São Lourenço para esclarecimentos através do e-mail saolourencoatual@gmail.com.

Confira a nota do CIS Circuito das Águas na íntegra

*Matéria atualizada dia 31/10/2019, às15h 48min para correção do cargo do secretário de Saúde de Carmo de Minas no CIS Circuito das Águas

OUVIR NOTÍCIA

É através do Consórcio Intermunicipal de Saúde (CIS) Circuito das Águas que os exames e consultas especializadas de 16 municípios, incluindo São Lourenço, são viabilizados para a população com a oferta de cerca de 200 prestadores (serviços e profissionais) credenciados. Com a dívida de R$ 407.837,04 e os 100 dias de atraso, a população são-lourenciana está com dificuldades de ser assistida nas consultas e exames especializados de média complexidade.

A dívida é referente ao débito de três meses de exames e consultas autorizados pelo município, além da taxa rateio. O rateio é um valor fixo mensal de R$ 12.632,00 para custeio das despesas administrativas do consórcio. O restante é referente a autorização de consultas e exames especializados de média complexidade, que o município paga somente o que utilizar dentro de um valor máximo de R$ 185.695,00 por mês.

De acordo com o secretário de Saúde de Carmo de Minas, Everton de Souza Andrade, que é diretor geral da instituição, o Conselho de Prefeitos vai realizar uma assembleiaentre os chefes do executivo dos demais municípios para discutir o descredenciamento de São Lourenço do CIS Circuito das Águas.

“Quando o município fica inadimplente há mais de 30 dias, suspende-se a liberação de exames e consultas. São Lourenço já completou três faturas em atraso e o Consórcio tem que utilizar dinheiro dos outros municípios para pagar as despesas, o que causa desequilíbrio no caixa, uma vez que a instituição não tem reservas financeiras. Os prefeitos do conselho vão marcar uma assembleia para deliberar sobre o descredenciamento do município, pois nenhum dos outros 15 municípios possui mais de 30 dias de atraso no pagamento de suas faturas”, explicou o secretário.

“Mesmo com o atraso nos pagamentos ainda estamos liberando exames de urgência e de pacientes internados. Procuramos, ao máximo, ser parceiros dos municípios, pois sabemos a importância do Consórcio para a assistência da população”, complementou.

O secretário da vizinha Carmo de Minas ainda destacou que, em caso de descredenciamento, os serviços de Assistência Farmacêutica, IST/AIDS, Centro Estadual de Atendimento Especializado (Centro Viva a Vida) e Centro de Atenção Psicossocial (Caps) serão entregues novamente a gestão da Secretaria de Saúde de São Lourenço.

“Na quinta-feira da semana passada já protocolamos um ofício na Secretaria de Saúde de São Lourenço para que a Secretaria de Saúde se posicione a respeito dessas unidades que possuem contrato com o consórcio”, informou Everton de Souza Andrade.

Para o presidente do CIS Circuito das Águas, Fernando José Pinto, secretário de Saúde de Pouso Alto, o consórcio é uma ferramenta de gestão utilizadas pelos municípios para viabilizar os procedimentos de forma mais eficiente e com menor custo.

“Ao invés do município contratar um neurologista, por exemplo, o mesmo atende todos os consorciados gerando redução de custo, reduzindo a demanda e facilitando a gestão das secretarias municipais”, disse o gestor municipal de Saúde.

Além de São Lourenço, fazem parte do CIS Circuito das Águas: Alagoa, Carmo de Minas, Cristina, Dom Viçoso, Itamonte, Itanhandu, Jesuânia, Lambari, Olímpio Noronha, Passa Quatro, Pouso Alto, São Sebastião do Rio Verde, São Vicente de Minas, Soledade de Minas, Virgínia

Questionada pelo São Lourenço Atual sobre o valor do débito, possibilidade e previsão de pagamento e interesse do município em permanecer no CIS Circuito das Águas, até o fechamento desta matéria a Prefeitura de São Lourenço não respondeu a reportagem.

O São Lourenço Atual continua à disposição da Prefeitura de São Lourenço para esclarecimentos através do e-mail saolourencoatual@gmail.com.

Confira a nota do CIS Circuito das Águas na íntegra

*Matéria atualizada dia 31/10/2019, às15h 48min para correção do cargo do secretário de Saúde de Carmo de Minas no CIS Circuito das Águas

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Geral
Primeira ‘Feira Segura’ de MG une feirantes e consumidores neste sábado em Boa Esperança
Primeira ‘Feira Segura’ de MG une feirantes e consumidores neste sábado em Boa Esperança
VISUALIZAR
Geral
Mais de 30% dos pequenos negócios mineiros apostam nas vendas online para driblar a crise
Mais de 30% dos pequenos negócios mineiros apostam nas vendas online para driblar a crise
VISUALIZAR
Cidade
Mutirão da dengue recolherá materiais nas residências nesta sexta-feira
Mutirão da dengue recolherá materiais nas residências nesta sexta-feira
VISUALIZAR
Cidade
Justiça nega liminar para reabertura controlada do varejo de vestuário, acessórios e...
Justiça nega liminar para reabertura controlada do varejo de vestuário, acessórios e calçados
VISUALIZAR
Policial
Meliantes invadem sede da Câmara Municipal de SL para roubar TV
Meliantes invadem sede da Câmara Municipal de SL para roubar TV
VISUALIZAR
Cidade
Óbito por Covid-19 no Hospital São Lourenço ainda é suspeito
Óbito por Covid-19 no Hospital São Lourenço ainda é suspeito
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Deixe sua mensagem para a redação ;)