SÃO LOURENÇO ATUAL

Semana da Pessoa com Deficiência provoca reflexão sobre inclusão na sociedade

As ações contam com discussões sobre a igualdade para a inclusão
Semana da Pessoa com Deficiência provoca reflexão sobre inclusão na sociedade
A mostra fotográfica Olhar Inclusivo, no calçadão I, faz parte das ações da Semana da PcD/Foto: Tribus

Semana da Pessoa com Deficiência provoca reflexão sobre inclusão na sociedade

 

Até a próxima quarta-feira, 28, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) promove em São Lourenço a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla. Este ano com o tema, “Família e Pessoa com Deficiência: Protagonistas na Implementação das Políticas Públicas”, o objetivo nacional é abrir debates e colocar a sociedade em reflexão no dever da igualdade para inclusão.

O tema da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla 2019 integrará novamente a programação, como elemento-chave na inspiração das ações desse evento de destaque na Rede Apae. Iniciada na quarta-feira, 21, as ações pretendem avançar nas propostas e estratégias necessárias para a concretização das ideias centrais trazidas pela temática.

De acordo com o presidente voluntário da APAE de São Lourenço, Eduardo Gonçalves, a semana da Pessoa com Deficiência (PcD) vem para provocar a sociedade como um todo e não somente o poder público sobre a responsabilidade da efetivação da mudança de postura e ações.

“A semana vem para a gente discutir as ações inerentes à Pessoa com Deficiência. Ela tem autonomia, pode ter autonomia, ela trabalha, gasta, cuida e a gente quer acabar com esses mitos que ainda perpassam o cenário quando se remete a pessoa que não está na atividade, como a família da pessoa que não está na atividade. A gente vem trazer muitas reflexões durante essa semana sobre inclusão, cultura, conduta, postura, sobre necessidade de avançar em políticas, não só as públicas, mas políticas cotidianas da Pessoa com Deficiência, seja no privado e também no público. Discutimos a questão de atitudes”, disse Eduardo Gonçalves.

Programação

Nesta segunda-feira, 26, na programação da Semana Nacional da PCD será realizada uma palestra com o tema Diversidade à favor das relações, com a especialista em diversidade e inclusão de profissionais com deficiência, Tábata Contri. A palestra é voltada para autoridades, empresários, estudantes, pais, mães e familiares de pessoas com deficiência, pessoas com deficiência, educadores, profissionais de saúde, entre outros. O evento ocorre no Colégio das Irmãs a partir das 19 h.

Na terça-feira, 27, ainda no Colégio das Irmãs, uma haverá mesa sobre práticas pedagógicas inclusivas para a pessoa com deficiência com a mediação de Leila Rubinsztajn Direzenchi. Na quarta-feira, 28, será realizada outra mesa com o tema Práticas clínicas na promoção e na busca pela integralidade da assistência e qualidade de vida da Pessoa com Deficiência. A mediadora será Fernanda Carvalho Nogueira.

Para encerrar as atividades, na quinta-feira, 29, a Faculdade São Lourenço será palco do segundo Seminário regional do Centro Especializado em Reabilitação CER II da APAE de São Lourenço. O público alvo são Secretários(as) Municipais de Saúde, membros das juntas reguladoras dos municípios que compõem os 24 municípios da região de São Lourenço, profissionais de saúde, coordenadores da APS.

A programação da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência ainda conta com atividades internas e externas com alunos, assistidos, usuários e familiares em diversos programas, a exemplo de cinema, caminhada rústica, gincana interna, passeios, bailinhos e lanches especiais.

Para saber mais detalhes sobre a programação, clique aqui 

OUVIR NOTÍCIA

 

Até a próxima quarta-feira, 28, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) promove em São Lourenço a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla. Este ano com o tema, “Família e Pessoa com Deficiência: Protagonistas na Implementação das Políticas Públicas”, o objetivo nacional é abrir debates e colocar a sociedade em reflexão no dever da igualdade para inclusão.

O tema da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla 2019 integrará novamente a programação, como elemento-chave na inspiração das ações desse evento de destaque na Rede Apae. Iniciada na quarta-feira, 21, as ações pretendem avançar nas propostas e estratégias necessárias para a concretização das ideias centrais trazidas pela temática.

De acordo com o presidente voluntário da APAE de São Lourenço, Eduardo Gonçalves, a semana da Pessoa com Deficiência (PcD) vem para provocar a sociedade como um todo e não somente o poder público sobre a responsabilidade da efetivação da mudança de postura e ações.

“A semana vem para a gente discutir as ações inerentes à Pessoa com Deficiência. Ela tem autonomia, pode ter autonomia, ela trabalha, gasta, cuida e a gente quer acabar com esses mitos que ainda perpassam o cenário quando se remete a pessoa que não está na atividade, como a família da pessoa que não está na atividade. A gente vem trazer muitas reflexões durante essa semana sobre inclusão, cultura, conduta, postura, sobre necessidade de avançar em políticas, não só as públicas, mas políticas cotidianas da Pessoa com Deficiência, seja no privado e também no público. Discutimos a questão de atitudes”, disse Eduardo Gonçalves.

Programação

Nesta segunda-feira, 26, na programação da Semana Nacional da PCD será realizada uma palestra com o tema Diversidade à favor das relações, com a especialista em diversidade e inclusão de profissionais com deficiência, Tábata Contri. A palestra é voltada para autoridades, empresários, estudantes, pais, mães e familiares de pessoas com deficiência, pessoas com deficiência, educadores, profissionais de saúde, entre outros. O evento ocorre no Colégio das Irmãs a partir das 19 h.

Na terça-feira, 27, ainda no Colégio das Irmãs, uma haverá mesa sobre práticas pedagógicas inclusivas para a pessoa com deficiência com a mediação de Leila Rubinsztajn Direzenchi. Na quarta-feira, 28, será realizada outra mesa com o tema Práticas clínicas na promoção e na busca pela integralidade da assistência e qualidade de vida da Pessoa com Deficiência. A mediadora será Fernanda Carvalho Nogueira.

Para encerrar as atividades, na quinta-feira, 29, a Faculdade São Lourenço será palco do segundo Seminário regional do Centro Especializado em Reabilitação CER II da APAE de São Lourenço. O público alvo são Secretários(as) Municipais de Saúde, membros das juntas reguladoras dos municípios que compõem os 24 municípios da região de São Lourenço, profissionais de saúde, coordenadores da APS.

A programação da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência ainda conta com atividades internas e externas com alunos, assistidos, usuários e familiares em diversos programas, a exemplo de cinema, caminhada rústica, gincana interna, passeios, bailinhos e lanches especiais.

Para saber mais detalhes sobre a programação, clique aqui 

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Cidade
Alto volume de chuvas previstos em MG não transbordará o Rio Verde
Alto volume de chuvas previstos em MG não transbordará o Rio Verde
VISUALIZAR
Meio Ambiente
São Tomé das Letras assina TAC com Ministério Público para preservação do meio ambiente
São Tomé das Letras assina TAC com Ministério Público para preservação do meio ambiente
VISUALIZAR
Cultura e Entretenimento
Desfile de carro de bois será realizado neste domingo, 19
Desfile de carro de bois será realizado neste domingo, 19
VISUALIZAR
Cultura e Entretenimento
Encontro de veículos antigos vai agitar São Lourenço no próximo final de semana
Encontro de veículos antigos vai agitar São Lourenço no próximo final de semana
VISUALIZAR
Policial
Ligações anônimas para o 181 crescem e denúncias de tráfico de drogas lideram o ranking
Ligações anônimas para o 181 crescem e denúncias de tráfico de drogas lideram o ranking
VISUALIZAR
Cidade
Pronto Socorro do Hospital deve iniciar funcionamento na UPA em 60 dias
Pronto Socorro do Hospital deve iniciar funcionamento na UPA em 60 dias
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Deixe sua mensagem para a redação ;)