SÃO LOURENÇO ATUAL

TRE-MG esclarece que não cancelou títulos em cidades que a biometria não é obrigatória

Os eleitores da zona eleitoral de São Lourenço não tiveram os títulos cancelados
TRE-MG esclarece que não cancelou títulos em cidades que a biometria não é obrigatória
Imagem: TRE-MG

TRE-MG esclarece que não cancelou títulos em cidades que a biometria não é obrigatória

Ascom/TRE-MG

Os eleitores que não fizeram a biometria em cidades onde o procedimento ainda não é obrigatório poderão votar normalmente nas eleições de outubro, desde que estejam com a situação eleitoral regular com a Justiça Eleitoral. O TRE-MG esclarece que não houve cancelamento de títulos eleitorais nesses municípios por causa da biometria. Em Minas, apenas os eleitores das cidades que passaram pela revisão biométrica obrigatória entre 2017 e 2018 – Betim, Contagem, Uberaba e Uberlândia – e que não compareceram até 9 de maio é que não poderão votar nas Eleições 2018.

O recadastramento biométrico obrigatório ocorreu apenas em Betim, Contagem, Uberaba e Uberlândia e terminou em 9 de fevereiro de 2018. Foram 213.172 eleitores dessas cidades que não fizeram o recadastramento biométrico e, consequentemente, tiveram os seus títulos cancelados. Em Betim, foram cancelados 43.539 (15,62%*); em Contagem, foram cancelados 85.534 (18,70%*); em Uberaba, o número de cancelados foi 27.081 (12,02%*); e em Uberlândia foram 57.018 (11,89%*) títulos cancelados. Apenas esses eleitores não estarão nas listas de votação e na urna eletrônica dos dias 7 e 28 de outubro (se houver segundo turno) e, por isso, não devem ir aos seus locais de votação nesses dias, já que não poderão votar. Só fez o recadastramento quem comprovou o vínculo com o município apresentando o comprovante de residência, conforme determina a norma em vigor.

A Justiça Eleitoral recomenda que o eleitor irregular procure um cartório ou posto de atendimento da Justiça Eleitoral em sua cidade a partir do dia 5 de novembro, para justificar a ausência e fazer a biometria, ficando então com a sua situação regularizada. Para evitar filas, o eleitor deve agendar seu atendimento no site do Tribunal ou no Disque-Eleitor com antecedência. O eleitor deve levar o seu título (se tiver), um documento de identificação oficial e um comprovante de residência atual.

Além dos eleitores das cidades com biometria obrigatória que não fizeram o recadastramento, também podem estar com os títulos cancelados aqueles que não votaram e nem justificaram a ausência em três eleições consecutivas (cada turno é considerado uma eleição). O total de títulos cancelados em Minas, pelos mais diversos motivos, é de 1.448.018.

Cidades sem biometria obrigatória

OUVIR NOTÍCIA

Os eleitores que não fizeram a biometria em cidades onde o procedimento ainda não é obrigatório poderão votar normalmente nas eleições de outubro, desde que estejam com a situação eleitoral regular com a Justiça Eleitoral. O TRE-MG esclarece que não houve cancelamento de títulos eleitorais nesses municípios por causa da biometria. Em Minas, apenas os eleitores das cidades que passaram pela revisão biométrica obrigatória entre 2017 e 2018 – Betim, Contagem, Uberaba e Uberlândia – e que não compareceram até 9 de maio é que não poderão votar nas Eleições 2018.

O recadastramento biométrico obrigatório ocorreu apenas em Betim, Contagem, Uberaba e Uberlândia e terminou em 9 de fevereiro de 2018. Foram 213.172 eleitores dessas cidades que não fizeram o recadastramento biométrico e, consequentemente, tiveram os seus títulos cancelados. Em Betim, foram cancelados 43.539 (15,62%*); em Contagem, foram cancelados 85.534 (18,70%*); em Uberaba, o número de cancelados foi 27.081 (12,02%*); e em Uberlândia foram 57.018 (11,89%*) títulos cancelados. Apenas esses eleitores não estarão nas listas de votação e na urna eletrônica dos dias 7 e 28 de outubro (se houver segundo turno) e, por isso, não devem ir aos seus locais de votação nesses dias, já que não poderão votar. Só fez o recadastramento quem comprovou o vínculo com o município apresentando o comprovante de residência, conforme determina a norma em vigor.

A Justiça Eleitoral recomenda que o eleitor irregular procure um cartório ou posto de atendimento da Justiça Eleitoral em sua cidade a partir do dia 5 de novembro, para justificar a ausência e fazer a biometria, ficando então com a sua situação regularizada. Para evitar filas, o eleitor deve agendar seu atendimento no site do Tribunal ou no Disque-Eleitor com antecedência. O eleitor deve levar o seu título (se tiver), um documento de identificação oficial e um comprovante de residência atual.

Além dos eleitores das cidades com biometria obrigatória que não fizeram o recadastramento, também podem estar com os títulos cancelados aqueles que não votaram e nem justificaram a ausência em três eleições consecutivas (cada turno é considerado uma eleição). O total de títulos cancelados em Minas, pelos mais diversos motivos, é de 1.448.018.

Cidades sem biometria obrigatória

Fonte

Ascom/TRE-MG

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Política
Prazo para depoimento da prefeita Célia Cavalcanti na Comissão Processante expira
Prazo para depoimento da prefeita Célia Cavalcanti na Comissão Processante expira
VISUALIZAR
Geral
Vivo deverá pagar multa de R$ 10,4 milhões por desrespeito ao Sistema de Bloqueio de...
Vivo deverá pagar multa de R$ 10,4 milhões por desrespeito ao Sistema de Bloqueio de Telemarketing do MPMG
VISUALIZAR
Política
Estudantes de São Lourenço participam da Plenária Regional do Parlamento Jovem
Estudantes de São Lourenço participam da Plenária Regional do Parlamento Jovem
VISUALIZAR
Geral
Hospital São Lourenço tem novo provedor
Hospital São Lourenço tem novo provedor
VISUALIZAR
Política
O prazo para depoimento da prefeita Célia ser ouvida pela Comissão Processante inicia hoje
O prazo para depoimento da prefeita Célia ser ouvida pela Comissão Processante inicia hoje
VISUALIZAR
Cidade
Médicos do programa Revalida vão reforçar sistema de saúde em São Lourenço
Médicos do programa Revalida vão reforçar sistema de saúde em São Lourenço
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Deixe sua mensagem para a redação ;)