SÃO LOURENÇO ATUAL

MENU
Logo
Quarta, 21 de abril de 2021
Publicidade
Publicidade

Coluna

As Bundas abundaram abundantemente

Mesmo sendo frutas exóticas...

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

As “ Bundas Abundaram Abundantemente” !!!!!
Acabávamos de nos hospedar num hotel em Brusque, SC, quando um entrevero eclodiu vindo do corredor da piscina. Curioso, juntamente com o gerente que nos recepcionava, um senhor de sotaque germânico, nos dirigimos ao local.
No “deck”, onde algumas pessoas se encontravam, dois cidadãos se estapeavam entre insultos e palavrões. Um deles magro e alto, com uma câmera dependurada ao pescoço, tentava se explicar esquivando-se da agressão que seu “adversário” enfurecido, um gorducho calvo, lhe aplicava. Nisso por intervenção do gerente alemão e do salva-vidas, o furdunço foi contido e às duras penas conseguiram conter o gordo irado, que tentava ainda prosseguir com a agressão ao fotógrafo.
Acalmados os ânimos, dadas as explicações, soubemos do motivo que originou aquela bulha. O gorducho, um oriundi-italiano, possesso, disse num linguajar enrolado que aquele tarado havia fotografado “a bunda” da sua mulher, cuja foto reconhecera pelo traje de banho ao vê-la quando o sádico repassava as fotografias. Sentado à mesa.
O magro agredido, um argentino, que catava algumas fotos ao chão, interpelado pelo gerente a se explicar da leviandade, levantou e defendeu-se protegido à distância pelo salva-vidas, um português, do brabo italiano que esbravejava contido pelos garçons. Dando de inocente, contou que apenas praticava seu trabalho, ou seja; fotografar. E que no momento estava imbuído num projeto pessoal, onde o elemento principal eram os glúteos cuja graça, beleza e sensualidade não seriam o fator vital, mas sim a graça, a comicidade das enormes e exageradas protuberâncias bem acima da normalidade. Passou às mãos do gerente o envelope com as fotos, que se pôs a vê-las, e, à medida que apreciava a fisionomia do alemão séria, transformava-se numa só alegria.
Devolvendo o envelope, resumiu com a frase: - Marravilhosos! “Muita inteligente seu idéia “...
O carcamano a parte, contido pelos garçons e o português salva-vidas, indignado, revoltado vociferou: -- Seus tarados, ritorne a bunda di mio moller, pois ila é mio propriedade e solamente io posso desfrutare di su pio belle. ..
Conduzido pelo gerente, se afastou o argentino. Levado sob escolta, gesticulando e esbravejando inconformado lá se foi o italiano, contendores de uma “luta” internacional cujo mediador germânico, mostrando-se parcial, deu a vitória ao colecionador de “bundas” proeminentes.
Moral da história: Há gosto para tudo, desde deliciosas pêras e maçãs a melancias , jacas e até abacaxis, quem sabe?
Ah!!! Esses “Turistas excêntricos” quando se excedem nas excentricidades alheios a ética e ao respeito, realmente nos oferecem momentos conflitantes, que sem dúvida muitas vezes se tornam bastante pitorescos, mesmo quando vêem de encontro aos princípios morais, em que um portenho, pela sua arte fotográfica, nos presenteou com momentos, em cujas protuberância abundaram de forma abundante, na borda de uma piscina bem pitoresca...

Comentários:

Deixe sua mensagem para a redação ;)