SÃO LOURENÇO ATUAL

Obrigado Hospital de São Lourenço!

Obrigado Hospital de São Lourenço!

OUVIR POSTAGEM

Aproveitando do espaço que me é concedido, onde exponho minhas crônicas semanalmente neste veículo, resolvi tornar público, meus agradecimentos aos gestores do nosso hospital de São Lourenço e logicamente englobados a equipe de profissionais plantonistas do dia 10 de abril, em que fui atendido de forma bem expressiva, e porque não dizer, surpreendente, pois me mostrava em estado crítico de saúde, onde precisava de um atendimento com certa urgência pela dispneia que me vinha sendo acometida.

Quando digo surpreendente, é porque não imaginei que me fosse prestada tanta atenção, mesmo sendo acometido na dificuldade em respirar, que me desorientava naquele momento. Mesmo possuindo um seguro saúde credenciado ao hospital, no que cheguei ao guichê, a atendente responsável pela triagem do atendido a ser avaliado, esqueci-me de apresentar minha carteira e indaguei se seria atendido pelo SUS, pois não possuía o carnê do hospital. A moça, olhando-me, não sei, se lavada pela minha agonia em respirar, de uma forma mais humana do que profissional, respondeu-me: - Senhor, o que nos importa neste instante, é a sua saúde, depois falaremos sobre isso. Fui então encaminhado por um atendente a sala de um médico de plantão, onde me submeteu as particularidades necessárias ao atendimento com as prementes obrigações profissionais. Ainda me sentindo debilitado, mas bem aliviado com relação à dispneia e a agonia que fora acometido, recebi de passagem, já na sala de recuperação, a visita daquela moça do atendimento, indagando-me sobre meu estado. No que a respondi, a dizer que graças a ela e aos Céus, estou sobrevivendo...

Quanto ao preenchimento do meu dossiê no atendimento, foi efetuado após eu ser encaminhado pela Dra. Vanessa à internação, pelo auxiliar de enfermagem numa “confortável” cadeira de rodas ao quarto da enfermaria no primeiro andar, leito 110, onde permaneci sob intenso tratamento a noite, com a medicação sendo efetuada pelos plantonistas rigorosamente a cada hora e bem como os procedimentos médicos que o caso requeria. No sábado, enfim tive a minha alta dada pela Dra. Vanessa, onde me foi passada uma lista medicamentosa e os cuidados a serem seguidos durante a minha recuperação.

Mais uma vez, muito obrigado a esta equipe de profissionais que atuou, no plantão do dia 10 de abril de 2019, em que acima de tudo é extremamente humana e sabe dar o devido valor a vida humana. Não importando se o necessitado será atendido pelo SUS, que infelizmente está desacreditado...

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Postagens

As “serpentes” são sempre traiçoeiras...
José Luiz Ayres
José Luiz AyresColunista

As “serpentes” são sempre traiçoeiras...

Posts do Colunista Ver Esta Postagem
Violência, sucumbida pela razão. Sonho?
José Luiz Ayres
José Luiz AyresColunista

Violência, sucumbida pela razão. Sonho?

Posts do Colunista Ver Esta Postagem
A regra terá sido exceção?
José Luiz Ayres
José Luiz AyresColunista

A regra terá sido exceção?

Posts do Colunista Ver Esta Postagem
Levi e seu dia de cão
José Luiz Ayres
José Luiz AyresColunista

Levi e seu dia de cão

Posts do Colunista Ver Esta Postagem
Uma ópera buffa e seus personagens
José Luiz Ayres
José Luiz AyresColunista

Uma ópera buffa e seus personagens

Posts do Colunista Ver Esta Postagem
Simão e sua cruz
José Luiz Ayres
José Luiz AyresColunista

Simão e sua cruz

Posts do Colunista Ver Esta Postagem
Precisamos reforçar as instituições e as políticas de estado
Luís Cláudio de Carvalho
Luís Cláudio de CarvalhoColunista

Precisamos reforçar as instituições e as políticas de estado

Posts do Colunista Ver Esta Postagem
No naturismo “cobra” não pode subir!
José Luiz Ayres
José Luiz AyresColunista

No naturismo “cobra” não pode subir!

Posts do Colunista Ver Esta Postagem
Fale com a redação!

Deixe sua mensagem para a redação ;)