SÃO LOURENÇO ATUAL

ZAPEANDO 30/10/2018

Por dentro de tudo

(Dis) simulação

*A prefeitura tentou justificar o atraso no pagamento da APAE, mas na reunião semanal dos vereadores de ontem o Gil chegou com a faca nos dentes para requerer tudo e falar mais algumas verdades.

A estratégia de jogar a culpa na APAE quase deu certo se não fosse um fogo amigo da prefeita, que deu um tiro pela culatra.

De cabeça cheia e ouvido queimando

* O tiro pela culatra fez tanto barulho que a diretora Administrativa da prefeitura, Carla de Lorenzo, saiu da Câmara com fumaça saindo pelos ouvidos. Ela ouviu tanta bronca dos nobres edis por causa das asneiras que falou sobre a APAE que até agora parece não ter se dado conta.

As broncas começaram pelo vereador Toddy e depois foi seguido pelo presidente da casa, Ricardo de Mattos, quando quis falar mais alto que o vereador.

Os puxões de orelha não pararam por aí. O presidente da casa, Natan, Nei, entre outros prosseguiram exigindo respeito a instituição e ressaltando o bom trabalho do presidente voluntário, Eduardo Gonçalves. Isso foi o que mais doeu nela.

Pirraça

*Os elogios ao presidente voluntário da APAE devem ter doido tanto que ela continuou com suas asneiras no Facebook enquanto os vereadores faziam a defesa da instituição e de seu gestor.

Ela só deu mais munição para se enrolar mais caso a APAE ou a promotoria de justiça tome alguma providência legal sobre as ofensas à instituição. É o que esperamos de ambos. Já está tudo printado.

Por falar em Pão Bolorento...

*Esse episódio é um bom momento para a prefeita Célia Cavalcanti rever alguns valores na sua equipe. Um exemplo é o equilíbrio emocional de cada um e a capacidade de serem profissionais diante de diversas situações.

Um membro da equipe já foi reprovado. A viola já pode ser enfiada no saco para que situações como a da APAE não corram o risco de se repetirem, pois se repetirem, representará o pensamento governamental.

Varada n’água I

*O vereador Evaldo ontem estava em outro planeta que não se chamava Câmara Municipal. Ele falou nada com nada. Foi do nada pra lugar nenhum na defesa da prefeita.

Varada n’água II

*O staff governamental desceu do terceiro andar para mandar o Abel e Chopinho darem as mesmas desculpas na tribuna que deram através da Assessoria de Comunicação para não pagar a APAE. Incompreensível! Inexplicável! Não colou de novo.

Força do além

*Por falar em varada n’água tem uma força oculta ajudando a APAE. Vai ter vereador que terá que rebolar para contribuir na resolução do problema. Se não rebolar vai dançar.

 

 

 

 

 

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

ZAPEANDO 30/10/2018

(Dis) simulação

*A prefeitura tentou justificar o atraso no pagamento da APAE, mas na reunião semanal dos vereadores de ontem o Gil chegou com a faca nos dentes para requerer tudo e falar mais algumas verdades.

A estratégia de jogar a culpa na APAE quase deu certo se não fosse um fogo amigo da prefeita, que deu um tiro pela culatra.

De cabeça cheia e ouvido queimando

* O tiro pela culatra fez tanto barulho que a diretora Administrativa da prefeitura, Carla de Lorenzo, saiu da Câmara com fumaça saindo pelos ouvidos. Ela ouviu tanta bronca dos nobres edis por causa das asneiras que falou sobre a APAE que até agora parece não ter se dado conta.

As broncas começaram pelo vereador Toddy e depois foi seguido pelo presidente da casa, Ricardo de Mattos, quando quis falar mais alto que o vereador.

Os puxões de orelha não pararam por aí. O presidente da casa, Natan, Nei, entre outros prosseguiram exigindo respeito a instituição e ressaltando o bom trabalho do presidente voluntário, Eduardo Gonçalves. Isso foi o que mais doeu nela.

Pirraça

*Os elogios ao presidente voluntário da APAE devem ter doido tanto que ela continuou com suas asneiras no Facebook enquanto os vereadores faziam a defesa da instituição e de seu gestor.

Ela só deu mais munição para se enrolar mais caso a APAE ou a promotoria de justiça tome alguma providência legal sobre as ofensas à instituição. É o que esperamos de ambos. Já está tudo printado.

Por falar em Pão Bolorento...

*Esse episódio é um bom momento para a prefeita Célia Cavalcanti rever alguns valores na sua equipe. Um exemplo é o equilíbrio emocional de cada um e a capacidade de serem profissionais diante de diversas situações.

Um membro da equipe já foi reprovado. A viola já pode ser enfiada no saco para que situações como a da APAE não corram o risco de se repetirem, pois se repetirem, representará o pensamento governamental.

Varada n’água I

*O vereador Evaldo ontem estava em outro planeta que não se chamava Câmara Municipal. Ele falou nada com nada. Foi do nada pra lugar nenhum na defesa da prefeita.

Varada n’água II

*O staff governamental desceu do terceiro andar para mandar o Abel e Chopinho darem as mesmas desculpas na tribuna que deram através da Assessoria de Comunicação para não pagar a APAE. Incompreensível! Inexplicável! Não colou de novo.

Força do além

*Por falar em varada n’água tem uma força oculta ajudando a APAE. Vai ter vereador que terá que rebolar para contribuir na resolução do problema. Se não rebolar vai dançar.

 

 

 

 

 

Veja também

sample52
Jorge Eduardo Marques Pereira
Jorge Eduardo Marques Pereira

Zapeando 13/11/2018

sample52
Luís Cláudio de Carvalho
Luís Cláudio de Carvalho

A crise que assola os municípios

sample52
São Lourenço Atual
São Lourenço Atual

Um penico seria bem-vindo

sample52
Jorge Eduardo Marques Pereira
Jorge Eduardo Marques Pereira

Zapeando 07/11/2018

Publicidade

Fale com a redação!

Deixe sua mensagem para a redação ;)